Núcleo de Tecnologias Assistivas e Acessibilidade promove novas práticas de sensibilização entre a comunidade acadêmica
Núcleo de Tecnologias Assistivas e Acessibilidade promove novas práticas de sensibilização entre a comunidade acadêmica
Terça-Feira - 10 de outubro de 2017

Dando continuidade às práticas de sensibilização entre a comunidade acadêmica a fim de promover a inclusão e acessibilidade de todos os seus públicos, a Fundação Hermínio Ometto, por meio do Núcleo de Tecnologias Assistivas e Acessibilidade - NTA, vinculada à Coordenadoria de Comunidade e Extensão, promoveu no segundo semestre deste ano novas ações, voltadas aos funcionários administrativos.

Integrantes de setores administrativos que atendem os diferentes públicos da Instituição, participaram de uma Capacitação em Libras - Língua Brasileira de Sinais, ministrada pelas intérpretes Gabriela e Gisele. Durante três dias, elas trouxeram ao grupo os fundamentos básicos da língua, reconhecida por Lei (Lei nº 10.436 de 24 de abril de 2002) e utilizada para a comunicação com os surdos. O aprendizado obtido durante as aulas foi muito importante para os presentes, e será estendido posteriormente aos demais colaboradores.

"Achei a língua muito interessante. Gostei de ter participado da capacitação e de ter visto como é a realidade das pessoas surdas. As professoras são 10! ".
"Muito interessante conhecermos o que é Libras. Essa noção nos leva ao mundo dos surdos com maior visão, mais conhecimento".
"A capacitação foi muito importante para entendermos a realidade do surdo e aprender a nos comunicarmos com eles, afinal somos todos iguais. As professoras foram excelentes".

 

Oficinas de Capacitação e Sensibilização envolveram mais de 380 colaboradores

Nos meses de julho e setembro, Oficinas de Capacitação e Sensibilização deram continuidade ao trabalho iniciado no primeiro semestre, com atividades destinadas aos colaboradores da Instituição. As temáticas abordaram a história da acessibilidade e da luta das pessoas com deficiência na busca por seus direitos por meio de um material disponibilizado pelo "Memorial da Inclusão: os Caminhos da Pessoa com Deficiência", organizado pela Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Governo do Estado de São Paulo.

Também foram compartilhadas as ações e adaptações estruturais que vem sendo realizadas pela FHO com o intuito de oferecer a mobilidade e inclusão necessárias aos alunos, funcionários e visitantes. E, ao final da atividade, todos foram desafiados a viverem na prática atividades do dia a dia tendo como ponto de vista as deficiências auditiva, visual e motora. Mais uma vez, a participação da comunidade foi expressiva, determinando o bom resultado da iniciativa e os aprendizados futuros:

"Conseguimos observar e vivenciar o quão difícil é para um deficiente se locomover e se comunicar em um ambiente que não está 100% preparado para ele. A sociedade ainda precisa se adequar para fazer com que essas pessoas fiquem à vontade em nosso meio".
"A importância em vivenciar para querer aprender e ajudar é necessária. Não há nada igual a emoção de ver um deficiente se sentir incluído".
"Experiência ótima sentir-se no outro e com o outro. Somos diferentes no igual".
"Gostei muito de saber o que a Instituição está fazendo para promover a inclusão do deficiente. A sensação de ficar vendada foi ruim. Devemos respeitar as pessoas e amá-las".
"Fiquei emocionada em participar e aprender com este curso. Parabéns a equipe que programou a atividade".

Acompanhe nas Redes Sociais

Com quem você deseja falar?

Fundação Hermínio Ometto

Av. Dr. Maximiliano Baruto, 500

Jd. Universitário | Araras - SP

CEP: 13607-339

(19) 3543-1400

Clima em Araras

Segunda-feira
25°C
17°C
Chuva: 60% (16 mm)

Como Chegar