14º Congresso Científico: Prof. Ricardo Abramovay apresenta a sustentabilidade como o valor mais importante do século XXI
Terça-Feira - 25 de junho de 2019

No dia 05 de junho a FHO deu início ao 14º Congresso Científico, que este ano teve como tema, os ''Desafios para Construção de um Mundo Sustentável''. Na ocasião, mais de 1.300 pessoas ocuparam as cadeiras e arquibancadas do Ginásio Poliesportivo da Instituição para a cerimônia oficial e palestra de abertura do evento.

Realizado por meio da Coordenadoria de Comunidade e Extensão, o Congresso celebrou o início das primeiras ações da FHO após o anúncio de seu reposicionamento para a sociedade e o meio ambiente, no início de abril, e teve como objetivo sensibilizar e conscientizar os participantes para que se tornem agentes transformadores na busca pelo desenvolvimento sustentável.

A solenidade teve início com a apresentação do Coral da UNIMID - Universidade da Melhor Idade, regido pela Profª Dra. Claudia Cristina Fiorio Guilherme. Em seguida, o Reitor da FHO, Prof. Dr. José Antonio Mendes, se dirigiu aos alunos, funcionários administrativos, docentes e convidados presentes. "A FHO sempre se preocupou com as questões de responsabilidade socioambiental. Isso está impregnado em nosso DNA. Por isso reafirmamos agora aquilo que a história se encarregou de escrever e transformar, em compromissos legítimos para o bem do próximo. Por isso nos reposicionamos. Queremos fazer mais. Pelo bem do planeta, dentro da Instituição e em benefício das pessoas. Por isso abraçamos a causa da sustentabilidade, fazendo do hoje, do agora, um alicerce seguro para a edificação e morada das gerações futuras", comentou.

Em consonância com o tema do evento, a FHO recebeu o Prof. Dr. Ricardo Abramovay para a palestra de abertura "Sustentabilidade, o mais importante valor do século XXI". Professor titular da USP desde 2001, atualmente Ricardo é professor sênior do Programa de Ciência Ambiental do Instituto de Energia e Ambiente, onde desenvolve linha de pesquisa sobre o Desenvolvimento Sustentável, e autor dos livros "Muito além da Economia Verde" e "Lixo Zero: Gestão de Resíduos Sólidos para uma Sociedade mais Próspera".

O professor iniciou a palestra com um panorama mundial em relação ao uso de recursos e à ecoeficiência, assim como algumas iniciativas de empresas em relação às questões ambientais e sociais. "Hoje, as grandes marcas globais não podem deixar de falar em sustentabilidade ", disse ele.

Durante a palestra, o professor também apresentou evidências dos impactos do crescimento econômico sobre a sociedade e o planeta em que vivemos. Também apontou indicadores que escancaram o excesso de consumo, as consequências que os impactos deste excesso geram para o meio ambiente e os limites dos avanços que tivemos em relação aos processos de produção. "Nesta área de desenvolvimento sustentável nossas possibilidades são gigantescas, mas os nossos problemas também são. Estamos produzindo com mais eficiência, mas como consumimos cada vez mais materiais - inclusive porque a era digital está patrocinando algo inédito, que é a publicidade personalizada - continuamos usando cada vez mais nossos recursos".

Por fim, o professor apresentou o desafio básico da sustentabilidade. "Nós vamos precisar prover a humanidade de bens e serviços essenciais, mas não adianta pensarmos que podemos fazer isso do jeito que a gente está fazendo hoje, porque se continuarmos desta forma, vamos destruir os serviços básicos dos quais depende esta própria oferta destes bens e serviços. Ou seja, nós precisamos pensar quais são os propósitos, objetivos e o sentido, do próprio sistema econômico", explicou. "E o que eu tenho que fazer em relação a sustentabilidade? O que fazem os indivíduos é muito importante em relação a essas questões, mas o mais importante é que as pessoas se organizem e se juntem, fortalecendo organizações que estão lutando pela defesa da sustentabilidade".

Acompanhe nas Redes Sociais

Com quem você deseja falar?

Fundação Hermínio Ometto

Av. Dr. Maximiliano Baruto, 500

Jd. Universitário | Araras - SP

CEP: 13607-339

(19) 3543-1400

Clima em Araras

°C
°C
Chuva: % ( mm)

Como Chegar